domingo, 25 de setembro de 2011

Oportunidades

Esta semana o confrade Ed me mandou um Email sobre a historia de seu colega Edson e seu vw...

Por: Edson Fernando                                                           A historia do meu 62.
Bom ele passou por min 2 vezes com a placa de vende-se achei o carro lindo, mas estava indo trabalhar a pé e não tinha dinheiro nem para o ônibus, isso em uma sexta feira de 2005 o mês não me lembro.
Chegou sábado meu filho mais novo me falou que tinha um fusca no amigo dele que estava a venda por R$ 3.000,00 não dei muita bola, pois não havia dinheiro. Na tarde ele tocou no assunto de novo mas para satisfazer ele falei que podia falar com o rapaz.
Domingo ele levantou cedo e foi atraz do rapaz, pediu para trazer o carro para eu dar uma olhada, o rapaz  veio olhei por fora estava lindo que nem laranja de amostra, por dentro um lixo tudo preto, estofamento rasgado, motor faltando latas perguntei se o motor estava bom ele disse que tava, mas ele esqueceu de falar que bom para ser feito novamente. Tudo bem.
Meu filho mais velho perguntou se eu tinha gostado, falei que sim mas que tinha muita coisa a ser feita. Ele sabia que o faria.
Então, ele falou pai eu faço um empréstimo no banco de R$ 1.500,00, a mãe tem R$ 1.100,00 e empretamos 400,00 da tia.
Então, na segunda feira liguei para o rapaz trazer o carro ele veio a noite.
Sabe como é familia busca-pé, o cara foi embora e nos fomos experimentar carro pois não tinha porque eu gostei do ano dele e a mecânica não era problema, quando bati na partida quem diz que ele pegava, pensei que porcaria eu acabei de comprar, lá me veio na cabeça a síndrome do Fiat 147 verde [essa e outra história], o problema era o dinamo, depois que troquei por alternador nunca mais tive incomodo e aos poucos estou retaurando.
Costumo falar que é um carro abençoado, e o que tem ser seu o será.


Guarapuava 22 de Setembro de 2011

PS:Esta é uma prova que a UNIÃO não faz apenas açúcar! 

2 comentários:

RustedLive disse...

da hora o azulis!!

Edson fernando62 disse...

E ai edson valeu pela força.
Forte abraço.